Follow by Email

domingo, 31 de janeiro de 2010

Serviço Memorial de dedicado à Kawai Shihan (1931-2010)


A Comunidade Zen Budista de Florianópolis convida à todos para o Serviço Memorial de dedicado à Kawai Shihan


Todos estão convidados à participarem do Serviço Memorial dedicado à Kawai Shihan (1931 - 2010).

É nesta segunda (01/02), às 19:30hs (favor chegar com 20 minutos de antecedência para acomodação).

Lembrando a todos que possuem zafu (almofada de meditação) que tragam, pois teremos um número muito superior de pessoas que o habitual.

Depois teremos um lanche oferecido pela comunidade.

Agradecemos a colaboração de todos!


UMA GRANDE LIÇÃO DE UM VERDADEIRO MESTRE

Um Grande Professor tem pouca história para registrar.
Sua vida se prolonga em outras vidas.
Homens assim são pilares na estrutura de nossos dojos...
...mais essenciais que seus tijolos ou vigas...
...e continuarão a ser centelhas e revelações em nossas vidas.

Fonte


Comunidade Zen Buddhista de Florianópolis (SC)
www.daissen.org.br

Muita neve em Yokoji-Zen Mountain Center


Angô (retiro de 3 meses nos EUA)

Kogen Yokoji ocupa o cargo de tenzo (cozinheiro), e Ikki-san, administra o trabalho do Mosteiro durnte o período da manhã. Nos últimos dias tem acumulada uma grande quantidade de neve durante as tempestades de neve e, atualmente, o centro não está acessível a todos os veículos. A programação deste domingo foi cancelada, mas esperamos que esteja claro para o próximo.

Mais fotos aqui!

Gasshô!

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

O que é a iluminação


“A iluminação é ver com clareza o Aqui e Agora – nada mais do que isso – sem todas as falsas aparências ou sem todos os filtros que acompanham habitualmente os nossos processos mentais. É algo tão simples que leva a que a maioria das pessoas, no início da sua prática, alimentem a esperança inconsciente que seja algo mais. Mas milhares de anos de vida indicam que o que há de mais profundo ou fundamental é termos a experiência do universo, agora mesmo, tal qual ele realmente é, em vez de sermos levados pelo que o nosso pensamento, ávido e discriminativo, espera ou teme que seja o universo.

A iluminação nada tem a ver com obter algo, mas em renunciar ao apego aos nossos diálogos e “guiões” interiores, às nossas conceitualizações, vícios mentais, amores, ódios, à ideia do nosso 'eu' separado da totalidade da existência. A iluminação não implica que não aconteçam coisas ruins. Mesmo que se alcance a iluminação e o corpo e a mente acabem por se fundir, há ainda que continuar a deixar fora o lixo e a lavar a louça. “

Do artigo “Fundamentos da meditação Zen”

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Como disse o Buda...


"Não faça vista grossa ás ações negativas só porque elas são pequeninas; por menor que seja a faísca, pode queimar um monte de feno do tamanho de uma montanha".

O Buda disse também: "Não despreze as pequenas boas ações pensando que elas não ajudam em nada; mesmo pequenas gotas de água, no final, enchem o jarro". O carma não se desgasta, como as coisas externas, e jamais se torna inoperante. Não pode ser destruído "pela água, pelo fogo, pelo tempo". Seu
poder nunca cessa, até que amadureça.

Embora o resultado das nossas ações possa ainda não ter amadurecido, ele inevitavelmente virá quando se apresentarem as condições certas. Via de regra esquecemos o que fazemos e os resultados só nos atinge muito depois. E aí somos incapazes de ligá-los com suas causas."

Sogyal Rinpoche

domingo, 10 de janeiro de 2010

Richard Gere quer que cidade onde Buda alcançou a iluminação seja vegetariana


O ator norte-americano Richard Gere, seguidor da religião budista há 35 anos, decidiu hoje dar incentivo a transformar em região totalmente vegetariana a cidade em que Buda alcançou sua iluminação, onde está de visita nesta quinta-feira.

Na segunda-feira, o astro do cinema chegou a Bodh Gaya, no estado de Bihar, ao norte da Índia, para participar de um seminário de cinco dias dado pelo Dalai Lama.

“Sou totalmente a favor de transformar Bodh Gaya em uma região vegetariana”, disse Gere antes de assistir a um discurso do líder espiritual budista, em declarações da agência indiana Ians.

Gere disse estar muito feliz por visitar a cidade: “Eu gostaria de voltar várias vezes”, afirmou. O ator encorajou tanto os aldeões quanto os turistas a abandonarem o consumo de qualquer tipo de carne e passar à vida vegetariana.

O ator reuniu-se nesta quarta-feira com o próprio Dalai Lama, segundo afirmou um oficial do mosteiro tibetano de Mahabodhi, que se apressou a esclarecer que Gere é como “qualquer fiel” do líder budista.

Gere participou também de uma passeata convocada pela Sociedade de Tibetanos pelo Vegetarianismo para transformar a cidade de Bodh Gaya em um espaço de comida só vegetariana, como já ocorre com algumas cidades sagradas hindus da Índia.

Richard Gere, que visitou o Dalai Lama em diversas ocasiões, é um dos rostos públicos mais conhecidos da causa tibetana em sua reivindicação de independência da China e sobre a denúncia de ocupação chinesa do Tibete.

O Dalai Lama teve de fugir do Tibete em 1959 e vive desde então junto a seu séquito e milhares de seguidores em Dharamsala, uma localidade situada nos Himalayas indianos.

Fonte: ANDA

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Richard Gere participa de seminário com dalai lama na Índia


NOVA DÉLHI - Devoto do budismo há mais de 35 anos, o ator Richard Gere está no norte da Índia para participar de um seminário de cinco dias comandado pelo dalai lama, como informaram nesta quarta, 6, pessoas próximas ao líder espiritual tibetano.

Segundo essas pessoas, citadas pela agência de notícias "Ians", o ator chegou ao município de Bodh Gaya, lugar sagrado do budismo no estado indiano de Bihar, na noite da segunda-feira para ouvir o dalai lama.

"Gere está em Bodh Gaya como um devoto do dalai lama e não como uma estrela de Hollywood. Ele se reuniu com o dalai lama", explicou um porta-voz próximo ao líder tibetano.

Milhares de seguidores do budismo, muitos deles estrangeiros, chegaram recentemente a Bodh Gaya para ouvir as palavras do dalai lama, que todos os anos viaja a essa cidade.

Richard Gere, que visitou o dalai lama em Dharamshala várias vezes, é um dos defensores mais conhecidos da causa tibetana e frequentemente denuncia a ocupação chinesa no Tibete.

Fomte: O Estadão

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Início das atividades da sangha zen em Florianópolis


Iniciamos hoje às 19:30, as atividades na Comunidade Zen Budista de Florianópolis.

No link segue a programação completa do calendário 2010.

Gasshô!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

DANA – Doação espontânea


A prática da compaixão é marcada pelo impulso de partilhar, chama-se Dana a doação de recursos para sustentar as atividades da comunidade budista. Os alunos precisam estar atentos para não estarem na posição de quem recebe sem nada dar em troca, porque esta postura coloca o recebedor em uma situação constrangedora de quem recebe, e é carregado pelos outros, mas não consegue ajudar os restantes seres com o seu próprio esforço.

Desde os tempos de Buddha a comunidade é sustentada pelos praticantes generosos, que cada um de nós possa olhar para a Sangha e pensar: ela existe também por minha causa, e os que sofrem podem aqui buscar refúgio.

Para que possamos manter a sede e um lugar adequado para praticar, contamos com a colaboração e generosidade de todos.

Informe-se no site: www.daissen.org.br

"Que todos os seres sencientes possam beneficiar-se".

Comunidade Zen Budista de Florianópolis